Queremos simplificar o complicado e tornar o simples atrativo. Tudo começa com uma compreensão profunda das pessoas; saber o que é importante para elas em termos de mentalidade e de informação. É por isso que as nossas interações são baseadas em intuição produtiva e visão perspicaz. No mundo de hoje, a intuição é um parceiro poderoso em matéria de dados. É por isso que interrogamos rigorosamente todos os dados, gerando maior volume de informação útil para atingir uma visão, uma previsibilidade e um desempenho melhores.
É assim que criamos experiências que têm importância para as pessoas e para as marcas.
Esta é a filosofia que nos orienta em tudo o que fazemos por você.

A BalticMiles aperfeiçoa a fidelidade de clientes com um aplicativo exclusivo

Um programa de fidelização bem-sucedido é uma coisa bastante surpreendente se ele também ajuda seus clientes a viverem mais.

Ver mais

Como a Coca-Cola uniu o público ao conectar TV e redes sociais

A Coca-Cola é uma das marcas mais conhecidas e amadas do mundo. Não só porque o refrigerante é bom, mas porque a marca promete que abrir a garrafa é abrir a felicidade.

Ver mais

Como a África do Sul usou o storytelling para aumentar o turismo na região

Os visitantes alemães têm estado tradicionalmente entre os três maiores grupos de turistas que visitam a África do Sul. Sendo um destino já popular entre este público-alvo, o desafio era aumentar ainda mais esse sucesso.

Ver mais

Como reposicionamos a Verizon Business como uma líder em soluções de tecnologia

Apesar de poder se gabar por atender a 96% dos nomes citados na Fortune 500, a Verizon Business era vista apenas como uma empresa de telecomunicações.

Ver mais

Como a IHOP usou a realidade aumentada para conduzir a repetição de negócios

A IHOP queria um novo item no cardápio. Tinha que ser uma nova experiência que saciasse a fome de sua grande e leal base de fãs por diversão e união familiar. O desafio foi fazer o público compartilhar cada vez mais sobre a marca on-line e trazê-lo de volta ao restaurante em breve..

Ver mais

Como a Intel permanece como líder no pensamento do público, mantendo fãs de futebol sempre na ação

As pessoas não são loucas por microprocessadores. Então, mesmo a marca Intel sendo um fator-chave para a decisão de compra de um dispositivo, os consumidores de hoje estão menos interessado no processador e mais nos benefícios do dispositivo.

Ver mais

Como a Sephora usou as redes sociais para criar melhores brindes

Quando a Sephora planejou abrir sua primeira loja na Suécia, queria gerar um nível de entusiasmo e envolvimento em todo o país. O objetivo era conseguir potenciais clientes falando sobre a marca nas semanas que antecederam a abertura.

Ver mais

Como a Nikon chamou a atenção com a captura de lindos momentos.

Vivemos em um mundo marcado pela imagem. Quando as palavras falham, uma imagem comunica ideias, mensagens e experiências. No entanto, isso representa um paradoxo na era social. O volume de comunicações visuais é grande, mas a qualidade como um todo sofre.

Ver mais